terça-feira, julho 17, 2007

Fado da Saudade

Há perguntas que se impõem, uma delas é porque é que sentimos saudades...Parece um fado, um fado que vem apegado ao sentimento. Quem sente, tem saudades.
Há quem diga que é uma palavra que apenas existe no vocabulário português, uns sentem falta, outros a ausência, mas apenas Nós a saudade.
A Saudade de termos alguém por perto, a saudade de tocarmos alguém, de falarmos com alguém, de nos rir-mos com alguém, de beijarmos alguém.
Mas ela, no fundo, está sempre presente...é um anexo do sentimento, um anexo da vida, um anexo ao ser que é social...e como "homem social" que é sente falta do contacto.
Porque afinal o que somos sozinhos? Eu diria nada, pelo menos eu não sou. Há sempre Alguém de quem tenho a saudade no peito, por vezes aperta mais, por vezes aperta menos, mas aperta sempre.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial