terça-feira, maio 29, 2007

um travo de normalidade, por favor

Gostaria apenas de lembrar que existe um sistema de responsabilidade geral do Estado que pode ser usado para quem se sinta ditectamente atingido por uma decisão de um órgão público ou de soberania. De resto os juízes são independentes e irresponsáveis pelos actos cometidos enquanto titulares de um órgão de soberania.
No dia em que um juiz tenha que pensar como é que a sua decião vai ser julgada pela "vox populis" ou pelos media, e modela a sua decisão conforme e esta, e não conforme à lei, a justiça encontrou o seu fim!
Disse!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial