sábado, maio 12, 2007

Negócios Processuais

Desistir, confessar ou transacionar....
Alguma parte tem sempre que ceder, é muito mais vantajoso do que ficar suspenso é dúvida eterna do ser condenado ou absolvido, se sair vencedor ou de sair vencido. O que se nos apresenta é uma solução média, mas será? Se Desistir é porque nunca tentou, se não tenta nunca saberá o resultado do facto para o qual procura a resposta...e a dúvida eterna mata, consome...
Se confessa pode-se dar mal. Poderia manter uma situação estável, uma situação que lhe dava certezas, uma situação que lhe traria, quem sabe, a vantagem em ser absolvido. Mas confessa....e confessar pode ser ainda pior do que uma eventual condenação no pedido.
Last, but not the least, transaciona. Mas que vantagens retira daí? Uma fica a ganhar, o outro também. Fazem mútuas concessões, talvez forçados pelo desespero e pela incerteza de perder. e perder é o pior...será? Sem dúvida. Mas também não o será a dúvida de poder ter ganho e não ter tentado?
É, os negócios processuais são como tudo na vida...injustos!

Etiquetas: