terça-feira, maio 22, 2007

E como brilham!

Com um brilhozinho nos olhos
e a saia rodada
escancaraste a porta do bar
trazias o cabelo aos ombros
passeando de cá para lá
como as ondas do mar
conheço tão bem esses olhos
e nunca
me enganam
o que é que aconteceu, diz lá
é que hoje fiz um amigo e coisa mais preciosa
no mundo não há

com um brilhozinho nos olhos
metemos o carro
muito á frente, muito á frente dos bois
ou seja, fizemos promessas
trocámos retratos
traçámos projectos a dois
trocámos de roupa, trocámos de corpo
t
rocámos de beijos, tão bom, é tão bom
e com um brilhozinho nos olhos
tocamos guitarra
p'lo menos a julgar p'lo som
e que é que foi que ele disse?
e que é que foi que ele disse?
hoje soube-me a pouco
hoje soube-me a pouco
hoje soube-me a pouco
hoje soube-me a pouco
passa aí mais um bocadinho que estou quase a ficar louco
hoje soube-me a tanto
hoje soube-me a tanto
hoje soube-me a tanto
hoje soube-me a tanto
portanto
hoje soube-me a pouco
Sérgio Godinho

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial