quinta-feira, abril 19, 2007

TLEBS

Dizia a especialidade (que eu não sou) que era uma coisa má, que não se adaptava à realidade, que tornava a gramática muito difícil de compreender e logo afastava o interesse pela mesma.
Parece, então que é uma notícia boa. Pelo menos demonstra que o ME (ao contrário de poutros ministérios) tem alguma capacidade de ouvir, e agir.

1 Comentários:

Blogger Atreides disse...

Uma capacidade de reagir "à portuguesa": tarde!
Desde Janeiro que a TLEBS está num vai-não-vai. Pelo que sei, seria para continuar até ao fim do ano lectivo. Eu estava a leccionar na altura, e de acordo com os outros professores do grupo decidimos cortar logo o mal pela raiz.
As mudanças preconizadas na TLEBS, no geral, são necessárias, mas a forma abrupta com que estava a ser introduzida dificultou a vida aos professores e alunos, tornando difícil o que é fácil.

12:39  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial