sábado, março 17, 2007

Ditaduras da Minoria

Eu sei, a expressão costuma ser ao contrário, mas neste caso apetece-me que seja assim. Não sei porquê mas ultimamente tem-se criado uma sensação que a minoria é que tem razão e que a maioria (embora às vezes esteja) está sempre errada. Lembrei-me disto a propósito do Relatório que hoje o SOL publica, da autoria da NAV e que pelos vistos arrasa a localização geográfica do novo aeroporto. Ora eu estou perfeitamente à vontade para falar do assunto porque até sou contra essa localização, mas parece-me um pouco, vá lá, excentrica e reacção a esse relatório. Porquê? Primeiro porque não é o primeiro a referi-lo, segundo porque há outros que referem exactamente o contrário e não é por um ou dois dizerem não que passam a ter razão. Aliás, se tivesse-mos um jornalismo inteligente, de certo que ao abordarem a questão hoje, nem que fosse nas edições on-line , teriam a saloia esperteza de usar os dados referidos por um especialista em infra-estruturas (que agora não me lembro o nome) que, ontem à noite na SIC-N demonstrou por A+B que a perspectiva temporal do Governo para a concretização da obra falha porque se esqueceram do chuva na contagem dos prazos que decerto atrasará a colocação das terras que tem de ser feita em camadas de 30 cm e, como todos sabem, as máquinas não se dão muito bem com o trabalho na lama.
Mas adiante. Onde quero eu chegar com estas ideias, que ultimamente criam-se grandes espalhafatos com a opinião minoritária, conforme ela nos dá, ou não, jeito. Senão veja-se, pareceu durante muito tempo que os juizes do TC que votaram contra a pergunta do referendo é que tinham razão, que o juiz que votou contra no caso do Habeas Corpus do Sargento de Torres Vedras também, que o juiz que votou contra no recurso para a Relação de Coimbra no mesmo caso também; quue a minoria que está contra o Governo e o PS é que tem razão, etc etc.
Enfim, eu não estou a dizer a dizer que por vezes eles não têm razão, estou é a criticar a repercussão que se dá às suas opiniões, porque a manter-se esta ideia daqui a dias minoria é igual a maioria e vice-versa, e não é assim que uma democracia saudável sobrevive!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial