domingo, março 25, 2007

50 ANOS!



Foi há 50 anos que estes homens assinaram o Tratado de Roma, ou tratados, visto que foram 2 (CEE e Euratom). Convém sempre lembrar que foi graças à visão destes homens que a Europa vive, hoje, o seu maior momento de prosperidade, de igualdade, de liberdade, de cooperação e de desenvolvimento. Com a visão que eles tiveram de uma europa unida, uma Europa que cada vez mais se alarge e espalha os eus valores, vivemos o maior período de paz no velho continente, uma paz que, espera-se, dure.

Mas não nos iludemos, a Europa contunua, e continuará, a ser feita na diversidade e tudo o que tente fazer da Europa um "par de gémeos" que se seguem para todo o lado só consegue uma coisa, afastá-los mais. O acordo celebrado esta manhã é tudo menos uma vitória final, é um acordo entre a Presidência, o Parlamento e a Comissão, e só demonstrou como não foi possível chegar a um acordo no seio do Conselho. Há muito a fazer ainda, a reforma das instituições, é certo, é urgente, mas convém parar e pensar, não fazer tudo ao "molho e fé em Deus".


Uma última palavra: se há pessoa a quem devemos, entre outros, a nossa entrada na grande família europeia é a Mário Soares. Aliás, se há pessoa que nos vem logo à cabeça quando se fala na adesão de Portugal à CEE é ele. Por isso fica muito mal ao senhor Presidente convidar todos os participantes na adesão de Portugal à CEE para uma cerimónia (amanhã) em Belém e não o convidar a ele. Sejam quais forem os critérios de convite, se há pessoa, que neste assunto, não se pode passar por cima é ele. E o Senhor Cavaco devia sabê-lo e esquecer as birrinhas do passado!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial