sábado, fevereiro 10, 2007

Temas de Reflexão



Hoje é dia de reflexão. Por isso a maioria dos portugueses deve estar na posição acima ilustrada. É sem dúvida o dia mais estúpido do ano. Pensar que as pessoas nesta país não têm mais que fazer e privá-las da informção relevante dos fechos de campanha é no minimo uma ideia parva.
Ficam os temas muitíssimo interessantes: a vida do Cristiano Ronaldo, no DN; a saúde no JN; o Apito Dourado no CM e a Bragaparques no Público, e se abrirem os jornais o caso fica ainda pior, os temas mais interessantes são lá abordados, ou seja, fala-se de tudo menos daquilo que as pessoas querem saber: como foi o último dia de campanha.

A mim apetece-me falar das Horas (neste momento o leitor vai-se embora e eu fico a escrever sozinho). Sim, das Horas. Eu sou um "maníaco" das horas, sempre a olhar para o relógio, a morrer se não tenho relógio, sempre a pensar em novos relógios para comprar.
Para verem como sou um "maniacozinho" com as horas estou sempre a horas em todo o lugar, melhor, chego sempre antes. E depois fico à espera, sempre à espera, porque pontualidade por cá é coisa que não existe. Mas ainda pior, detesto desperdiçar o meu tempo, a ponto de se estiver uma fila de 10 pessoas em qualquer sítio, eu vou-me embora, logo. Mas pode piorar: como gosto de estar sempre a horas em todo o lado saio sempre com imenso tempo de antecedência, honestamente, não gosto de correr riscos, sabe-se lá o que pode acontecer pelo caminho e depois chego atrasado, e depois, fico à espera.
Por isto não compreendo as pessoas que fazem tudo no limite. As que têm que estar num lugar as 10h e saiem de casa as 9,50h, para percorrerem 10 km. Não percebo, como têm tempo. Pois, não têm, e como não têm chegam atrasados e deixam pessoas, como eu, eternamente à espera. E digo-o: detesto pessoas que me deixam à espera, detesto que pessoas vão sair comigo e fazem-me chegar atrasado, detesto pessoas que acham chique chegar atrasado, não é, é uma falta de educação, pura e simplesmente. Pois para mim estas pessoas deviam ser multadas, numa espécie de polícia das horas, ou um homenzinho da EMEL...

Ah, esqueci-me de estar a reflectir sobre o referendo (posso dizer referendo, não posso?). Desculpem lá este desvario, vou voltar para a reflexão.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial