terça-feira, janeiro 30, 2007

Coisas que não se percebem

Os portugueses são sem dúvida pessoas curiosas que qualquer sociolólogo e psicólogo gostariam de analisar. São sem dúvida pessoas "bipolares", para não dizer mais, já nem falo de alguns que por aí por aí dizem que querem a despenalização da IVG e depois vão cotar Não, mas antes da sua relação com o govrno que por aí anda, do seu líder José Sócrates e do seu querido PS. Pois e senão veja-se: o Governo fecha maternidades, milhares contestam; o Governo reforma as carreiras dos professores, milhares protestam; o Governo reforma o sistema de Segurança social, milhares contestam; o governo altera o Codigo do Trbalho, milhares contestam; o Governo faz certa obra, milhares contestam; o Governo altera impostos, milhares contestam; o Governo, faz isto e aquilo, milhares contestam.
Quem lê o que acbo de escrever pensa assim: malfadado Governo que tanto mal fazes e que deves andar nas ruas da margura, juntamente com o teu líder mais o partido que te suporta. Mas não, nada disso. Quem vê sondagens, quem vê a maior parte dos comentadores, lê os jornais vê exactamente o contrário: este governo está, ainda, no seu estado de graça, o seu líder bate de longe a popularidade dos líderes dos partidos da oposição e o seu partido bate de longe os restantes atingindo de novo a maioria absoluta.
Há coisas que ninguém percebe, nem mesmo em Portugal.

1 Comentários:

Blogger Лев Давидович disse...

O Governo, enquanto atacar TODOS vai ganhando.
Se mexesse só num sector, perdia todos os votos desse sector. Todavia, mexendo em todos, a bela mentalidade tuga pensará: "Calma, isto é a sério, é para todos, sofri, também sofrarás". Muito Nacionalzinho, muito interessante.

23:05  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial