sexta-feira, outubro 06, 2006

INEXISTENTE?

Confesso que não estava nos meus planos postar no dia de hoje, até porque estou a ter um dia demasiado ocupado, e não se está a passar nada de especial neste cantinho à beira mar plantado.
Dizia eu, não estava, porque passou a estar. E aproveito este tempinho pós-almoço (sim eu sei que é tarde) para vos transmitir a minha mais profunda raiva e indignação pelo que me aconteceu hoje de manhã. Então foi assim:
Hoje de manhã diriji-me à secretaria de uma afamada instituição deste país (cujo nome não interessa, por enquanto) a fim de me darem determinadas explicações. Depois de dar o meu número de identificação que me liga a esse local a simpática senhora que me atende diz-me com um grande sorriso: "-Desculpe, mas você é inexistente nos nossos ficheiros." (Agora imaginem a minha cara, visto que frequento tal instituição à nada menos que 2anos) "-Inexistente?" - digo eu- "Mas como?", explicando que na página da internet de tal instituição eu sou bem existente, além de a frequentar à 2 anos.
Resposta: "-Bem, então vou ter que chamar o meu superior. "
Aparece-me então, quase meia hora depois, um senhor barbudo, baixo, entroncado, que me convida a entrar para dentro da dita secretaria. Sentamo-nos a uma mesa e eu expliquei-lhe sossegadamente a situação, apresentando-lhe o meu cartão que me liga àquela instituição, assim como o meu BI.
Resposta:"-Bem , se não consta nos registos só pode haver duas soluções: ou o que me apresenta é falso, ou há um erro nos registos."
Passei-me.
Convidei então o senhor a ligar-se à página Web de tal instituição a fim de confirmar que os meus dados se encontravam lá.
Rendido à evidências foi finalmente buscar os registos escritos e realmente confirmou que a razão estava do meu lado. Assim , tratou de chamar (finalmente) o responsável pela electrónica e encarregou-o de tratar da minha situação e garantui-me pessoalmente que a minha situação iria ser resolvida a curto prazo.
Lixado da vida, porque nisto tudo perdi duas horas do meu dia extremamente atarefado, abandonei tal local com a certeza que se não me resolvessem o meu caso, até o mais tardar segunda-feira, a afamada instituição ia ficar com uma nódoa no seu "livrinho de reclamações".
Depois disto deixo apenas uma pergunta ao senhor José Sócrates (que de certeza é um leitor assiduo deste blog). Quando é que essa coisa que o senhor chama de "choque tecnológico" chega às instituições públicas deste país? Até lá, não simplex que lhe valha.

6 Comentários:

Blogger Лев Давидович disse...

Será que eu conheço essa instituição?
Se sim, marca #
Se não marca *
Lol

Ass.Sócrates

(Querias o choque né? Então aqui vai ele)

18:26  
Blogger Eduardo Pinto Bernardo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

20:09  
Blogger Eduardo Pinto Bernardo disse...

#############################
plo menos punhas anónimo ou entao assinavas como sócrates. foi um comment pouco original.
continua a trabalhar que chegas lá.

20:10  
Blogger Лев Давидович disse...

Eh! É preciso ofender?
Só tava a brincar.
A malta da "organização" é tramada pá. Mas como diz um "trabalhador" dessa "organização", a inexistência é inexistente.

21:11  
Blogger Eduardo Pinto Bernardo disse...

Se ofendi, tal não era a minha intençãoe apresento as minhas desculpasAinda por cima, depois da publicidade que fizeste ao meu blog no teu e que catalisou ainda mais leitores ao meu blog. já nã são só um, mas dois ou três.
abraço

22:22  
Blogger Лев Давидович disse...

Oh patrão, mas qual quê!
Não ofendeste nada, tava a gozar!

23:56  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial